Convidados

Selecionamos profissionais locais e da cidade de São Paulo que têm um trabalho sólido, cada um em sua área para frequentar o laboratório durante períodos planejados para compor a programação do Laboratório, colocando-lhes o desafio de criar coletivamente algo novo também em seus trabalhos individuais.

Para a etapa de criação gráfica, convidamos o artista gráfico e arquiteto campineiro Lucas Mídio (http://midio.co), que tem experiência em game art e ilustrações 2D. Formado em Arquitetura e Urbanismo na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em 2010, atualmente, trabalha como freelancer independente como game artista e desenvolvedor e integra o grupo Alpaca Team (no qual também cuida da direção de criação, marketing e propaganda , relações públicas / redes sociais e game-design).
As vivências realizadas pelo artistas às quartas-feiras, entre o dia 9/5 e 26/6, serão dedicadas a ensaios visuais com desenho manual e digital considerando as propostas e definições da construção do jogo de tabuleiro. Esses desenhos ficarão dispostos nos painéis do Espaço Internet Livre e disponíveis no wiki do projeto .

Para a etapa da estratégia e matemática de jogos de tabuleiro, foi convidado o pedagogo, programador, pesquisador e colecionador de jogos João Bueno. As vivências que serão realizadas pelo profissional, que acontecerão às quintas-feiras entre 10/4 e 26/6, se preocuparão em apresentar e explorar uma diversidade de conceitos para a criação de um jogo funcional e abordar e experimentar diferentes mecanismos de interação entre jogadores. Em sua pesquisa, João Bueno considera idéias do movimento do software livre, do movimento “Maker” e do Copyleft para as dinâmicas educativas. O pedagogo disponibilizará jogos de sua coleção pessoal para a experimentação no espaço Internet Livre durante todo o funcionamento do Laboratório.
Para a etapa de modelagem e Impressão 3D foram convidados os artistas Katharine Diniz especializada em modelagem 3D em softwares livres , que vem realizando oficinas em diferentes unidades do Sesc e o Felipe “Juca” Sanches, membro fundador do grupo Metamáquina, coletivo responsável pela elaboração e construção de impressoras 3D, e que também vem realizando diferentes atividades a partir do programa de Cultura Digital do Sesc São Paulo. A proposta dessa etapa é produzir as peças e protótipos para testes dos jogos imaginados e para um possível produto final, aproveitando esse processo para a apresentação e demonstração ao público dos princípios da prototipagem rápida.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License